Samsung vai investir 760 milhões de dólares na marca "Made in India"

Uma Android

A maior fabricante mundial de smartphones, a sul-coreana Samsung Electronics, anunciou recentemente que planeja investir 4.915 crore (cerca de US $ 763 milhões) na Índia.

A inversão vai fortalecer a capacidade da fábrica de smartphones, televisores de tela plana e geladeiras que já possui na cidade de Noida, reforçando assim o selo “Made in India”.

Lembremos que a Índia é, junto com a China, um dos maiores mercados do mundo, e muitas empresas de tecnologia também estão de olho nela (Apple, Xiaomi, etc.). Porém, a legislação do país exige que uma porcentagem dos produtos ali vendidos seja fabricada dentro de suas fronteiras, por isso essas marcas estão correndo para fazer investimentos que consolidem seu posicionamento e o bom relacionamento com o governo e autoridades.

Na verdade, com este investimento A Samsung pretende reafirmar seu compromisso com a iniciativa "Made in India" lançado pelo Governo da Índia e seu próprio programa "Make for India", uma iniciativa destinada a projetar produtos voltados especificamente para os consumidores indianos.

Localizada em Noida, nos subúrbios da capital, Nova Delhi, esta fábrica é a primeira das duas que a Samsung possui no país (a outra fica em Sriperumbudur, Tamil Nadu) e foi criada em 1996. A presença da marca sul-coreana na Índia remonta ao início dos anos 1990, embora tenha começado em 1997 com a fabricação de televisores, enquanto a atual unidade de fabricação de telefones celulares foi adicionada em 2005

Ontem foi inaugurou oficialmente uma extensão de 35 hectares de terreno adjacente às atuais instalações que vai dobrar a capacidade de produção de telefones celulares e geladeiras, gerando milhares de empregos diretos e indiretos em todo o país. A cerimônia contou com a presença de vários ministros e funcionários do governo indiano, juntamente com JK Shin, CEO da Samsung Electronics, e HC Hong, presidente e CEO da Samsung Southwest Asia.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Blog da Actualidad
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.