TikTok lançou seu próprio WhatsApp. O próximo alvo? Um Spotify para a China

TikTok, aplicativo de rede social e criação de vídeo

Aplicação TikTok está se tornando uma verdadeira dor de cabeça para as principais redes sociais. Estamos a falar de um serviço que combina Musical.ly, Instagram e Vine para deixar os mais novos cada vez mais viciados, a ponto de chegar ser banido por um tempo na Índia devido ao nível de dependência que gerou entre seus usuários.

Mas, parece que este serviço popular não tem o suficiente: a TikTok acaba de anunciar o lançamento do flipchat, um serviço de mensagens instantâneas para Android e iOS que incluirá chamadas de vídeo e uma comunidade de fóruns. Não, não poderá fazer nada na China, onde o WeChat é a rainha absoluta. Mas tem um objetivo diferente para o mercado asiático.

Tiktok excede XNUMX bilhão de downloads

Além do FlipChat, a TikTok planeja lançar um Spotify na China

Pelo que aprendemos, a empresa por trás do desenvolvimento deste aplicativo de sucesso está trabalhando para criar um serviço de streaming de música com uma opção paga e uma versão gratuita com anúncios. Sim, exatamente o mesmo mecanismo do Spotify.

A ideia da Bytedance, a empresa dona da TikTok, é se tornar uma gigante como Facebook, oferecendo todos os tipos de serviços, como rede social própria, serviço de mensagens instantâneas e serviço de streaming de música. Além disso, esses serviços alcançariam primeiro a Índia e a China, os mercados mais lucrativos para a empresa.

Atualmente, o Flipchat já pode ser baixado da loja de aplicativos do Google, então você só precisa esperar que eles lancem seu próprio Spotify em chinês. O serviço de mensagens instantâneas da TikTok terá sucesso? Com certeza não na Europa, onde o público continua apostando no WhatsApp e no Telegram para se comunicar.

Mas a ideia de ter um serviço de streaming de música que pode competir com o Spotify pode fazer mais de um usuário apostar na solução de TikTok, especialmente se for um serviço que vem com um preço moderado.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Blog da Actualidad
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.