O "tamanho irregular" da bateria, possível causa do incêndio do Galaxy Note 7

O Galaxy Note 7 é capaz de incendiar casas e carros

A sul-coreana Samsung está prestes a divulgar e oficializar os resultados da investigação que vai determinar as causas da crise do Galaxy Note 7, entretanto, o jornal O Wall Street Journal já teria tido acesso, pelo menos, a parte dessas informações, e aponta que A Samsung vai culpar o fabricante das baterias do terminal que teriam um "tamanho irregular".

Hace sólo unos pocos días que Samsung anunció que el próximo lunes 23 de enero, mañana mismo, daría a conocer los resultados de su investigación acerca de la causa de las explosiones e incendios que llevaron a la retirada definitiva del Galaxy Note 7 a comienzos del mes de setembro.

O Wall Street Journal diz que graças ao depoimento de "pessoas familiarizadas com o assunto" ele já teve acesso aos resultados da investigação. De acordo com essas informações, e conforme concluído no relatório que a Samsung tornará público amanhã, a empresa sul-coreana contratou três empresas independentes de controle de qualidade e análise da cadeia de suprimentos para realizar a investigação.

Essas empresas concluíram que havia duas falhas no Galaxy Note 7. A primeira foi nas baterias fabricadas pela Samsung SDI. Depois que os primeiros casos de incêndios e explosões começaram a aparecer, a Samsung aumentou a produção do Galaxy Note 7 usando baterias da empresa de Hong Kong Amperex Technology para compensar a escassez. Portanto, o aumento da produção introduziu alguns 'problemas de fabricação' desconhecidos para o Galaxy Note 7.

Assim, A Samsung apontará o tamanho irregular das baterias e falhas de fabricação como a causa das falhas no Galaxy Note 7, quando eu anunciar oficialmente os resultados amanhã.

Até agora, mais de 96% de todas as unidades do Galaxy Note 7 foram devolvidas nos Estados Unidos, enquanto a Samsung introduziu novas medidas de segurança em seus processos de fabricação e design para evitar que a situação se repita no futuro.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

3 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Blog da Actualidad
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   leonardo sabella dito

    "A Samsung está prestes a tornar públicos e oficiais os resultados da investigação" A Samsung vem dizendo isso há um mês .. e nada .. muito, muito, muito ...

  2.   Leonardo Sabella (Technomovida) dito

    "A Samsung está prestes a tornar públicos e oficiais os resultados da investigação" .. A SAMSUNG anunciou isso há mais de um mês e NADA .. muito tempo .. jogando no esquecimento .. É CLARO que eles já sabem o que aconteceu. ...

    1.    José Alfocea dito

      Hello Leonardo. A Samsung anunciou há poucos dias que em 23 de janeiro divulgaria os resultados oficiais da investigação. E assim como ele anunciou, ele o fez. Você já tem as informações disponíveis no Androidsis https://www.androidsis.com/samsung-confirma-que-las-baterias-fueron-la-causa-de-las-explosiones-del-galaxy-note-7/