Samsung diz que o Exynos 990 é tão poderoso quanto o Snapdragon 865

Samsung Exynos

Samsung defende com unhas e dentes seus Exynos 990, plataforma móvel de alto desempenho que vemos no Série carro-chefe do Galaxy S20 lançado em fevereiro.

O fabricante sul-coreano tem sido criticado por um número considerável de usuários que afirmam, como testes realizados em vários benchmarks como Geekbench e AnTuTu, que disse que o SoC é menos poderoso do que o Qualcomm Snapdragon 865, especialmente na série Galaxy S20, que é oferecida nas versões Exynos 990 para outros mercados que não os Estados Unidos, Coreia do Sul e China, que são os países onde é oferecido com o Snapdragon 865.

Em uma declaração feita a SamMobile, a gigante da tecnologia sul-coreana garante que ambas as versões (Exynos e Snapdragon) de seus smartphones de última geração têm desempenho igual, mas o que foi dito não convence a comunidade de os geeks, não importa o quanto seja repetido.

Isso não é algo de agora. Desde que a Samsung ofereceu seus carros-chefe nas versões Exynos e Snapdragon, foi a maioria que afirmou queOs modelos com chipsets Qualcomm têm melhor desempenho, bem como melhor autonomia e fluidez superior.

Além do mais, em um desenvolvimento recente, Change.org serviu como uma plataforma para um petição que visa impedir o uso de chipsets Exynos pela Samsung. Com esse requisito, um grande número de consumidores levanta suas vozes para que, globalmente, a partir de agora, as futuras séries Galaxy S e Galaxy Note sejam oferecidas apenas com processadores Qualcomm SD.

Artigo relacionado:
Os chipsets Exynos da Samsung substituem os da Apple em termos de participação de mercado

Não esperamos que o sul-coreano cumpra este pedido, para ser honesto, e mais considerando a declaração recentemente divulgada que se originou após a campanha em Change.org, que teve início há cerca de três semanas e não tem conseguido chamar a atenção do escritório, ao que parece, uma vez que não houve qualquer manifestação dela que se refira diretamente a ela.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Blog da Actualidad
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.