Quem disse que a Apple e a Samsung são os únicos que podem lançar produtos de alta tecnologia a preços altos?

 

luta

Hoje em dia, desde a apresentação do Pixel pelo Google, choveu críticas e decepções, além de gritos de dor, por esses preços e por aquele Android de ponta com um telefone desenhado por aqueles de Mountain View. Foi lido que para onde o Google está indo com esses pixels? que ninguém vai comprar, e bem, eu me lembro nos primeiros anos do Android que a mesma coisa estava sendo dita: que era um sistema operacional para certos geeks e que seria um tremendo erro e falha. Olha só, que agora o Android é o que é, o sistema operacional para dispositivos móveis mais instalado do planeta.

Agora temos outra corda pela frente, que o Google não é ninguém para fabricar topo de linha a um preço que está no mesmo nível dos telefones da Samsung. Pelo que eu sei, aqueles Galaxy S3 e S4, e até mesmo o S5, a um preço muito alto, eram vendidos como donuts e não tinham aquele design premium que a Samsung agora se orgulha do S6 e S7. O que sobrou é como Google não pode seguir seu próprio caminho para fabricar e deve ser relegado à Samsung, Huawei e muitos outros para que o Android continue a resistir ao impulso do iOS da Apple. Vamos lá, vimos até os gritos da Samsung e da Huawei este ano, nos quais eles até "avisaram" que estão olhando para outros sistemas operacionais observando o futuro que o Google está tomando.

Mas quem é o Google para fabricar produtos sofisticados a esses preços ...

Nós já sabemos que O Google não é especialista na arte de vender um produtoPara isso temos a Apple que sem dificilmente trazer algo novo à tona, em sua tônica parece que estão vendendo o mega novo iPhone que vai mudar a vida de milhões de pessoas novamente. Certamente, se o Google tivesse a arte da Apple nesse sentido, agora mesmo aqueles Pixels estariam vendendo como donuts. Mas o que resta é que o Google apresenta muitas novidades em muito pouco tempo sem perceber o que tem em mãos.

pixels

Isso pode ser visto quando se reproduz o vídeo de um dos youtubers mais populares do momento, Marques Brownlee. Nele você pode ver o Pixel em toda a sua entidade e forma, e a verdade é que as sensações um pouco estranhas após o evento, tornam-se um "Eu quero um". Nem todos farão o mesmo, mas há uma grande diferença entre as fotos de apresentação do telefone do Google por tê-lo nas mãos daquele especialista em dispositivos móveis.

Outra crítica foi para a câmera, e que ela foi comprada da DxOMark (quando até a Apple menciona grandiosamente aquela equipe de especialistas em fotografia em seu próprio iPhone 7), e que aquela pontuação de 89 com certeza é uma mentira. Estamos de novo com aquela sequência de onde eles vão e que tal. Qual é, o Google não pode fazer telefones de última geração quando há anos é a própria comunidade Android que, quando um smartphone premium fosse lançado com esses preços, seria comprado.

Os pobres Samsung, Huawei e outros

Vamos voltar um pouco no tempo e ir para aquela semana em que foi lançado o Samsung Galaxy S4 com aquele plástico "premium" (observe a ironia). Naquele ano em que a Samsung dominou o cenário do Android à vontade e que nem mesmo a Xiaomi e outros haviam pousado e parecia mais o advento do apocalipse quando um editor avisou do que estava por vir. O fabricante coreano lançou dezenas de terminais e não tinha com quem competir, mesmo ele se deu o prazer de não inventar nada de novo e traga de volta outro Galaxy S topo de linha com plástico.

Galaxy S4

E é que esses Samsung Galaxy S6 ou S7 estão aí atrás de tantos outros que não chegaram perto disso em qualidades e acabamentos. Também precisou fazer smartphones melhores, depois de erros e vendo como o mercado vacilou quando o Xiaomi, Meizu e outros começaram a chegar da China. Alguns espaços que estava perdendo, como certamente acontecerá quando o Google começar a lançar melhor Pixel que aproveita as deficiências de uma marca que se inflou para ganhar milhões de euros e que tem assistido às atualizações do Android.

Agora que eles veem o Google tomar a decisão de lançar produtos de última geração com os mesmos preços do Galaxy S ou da Apple, eles divulgam a notícia de que irão para outros sistemas operacionais. Que ninguém fala que os de Mountain View não se beneficiaram da Samsung para que o Android seja o que é hoje, mas isso eu sei não há cláusula ou algo parecido para que você possa seguir seu próprio caminho para lançar seus próprios terminais; caro, sofisticado, mas projetado pelo Google.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

2 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Blog da Actualidad
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   droben dito

    Artigo interessante, na maior parte concordo, seria bom se você passasse para o seu colega Francisco Ruiz, que um dia atrás lutou contra o Google e seus Pixels, quase ajoelhado diante da Apple, sendo que graças ao Android ele escreve artigos e com isso ele ganha vida ... sim, ele vendeu como uma "opinião pessoal", bem ... saudações.

    1.    Francisco Ruiz dito

      Olá Droben, é justamente por isso que gosto de escrever no Androidsis, porque posso dar a minha opinião pessoal e falar o que quero abertamente e sem ter que comer a bunda de ninguém. Não é a mesma coisa criticar o Google por tentar se parecer cada vez mais com a Apple em todos os sentidos do que criticar o Android, que para mim é o melhor sistema operacional móvel e que adoro desde que foi lançado.
      Você realmente vê o preço do Google Pixel Xl de 128 Gb justificado por 1009 euros?

      Saudações amigo e obrigado pelo seu comentário.