O Firefox começará a bloquear rastreadores de navegador a partir de 2019

Apesar de todos usarem o Google em quase todos os ecossistemas, tanto desktop quanto mobile, com permissão do Safari no iOS, no mercado temos à nossa disposição uma opção mais do que interessante chamada Firefox, um navegador cuja principal característica está na privacidade que nos oferece, já que em nenhum momento processa as buscas que fazemos, como o Google faz com o Chrome.

Os dados mais recentes de uso do navegador não mostram boas notícias para a Mozilla Foundation, que está por trás deles. excelente navegador, já que eles nos mostram como ele continua perdendo participação de mercado em favor do Chrome. Mas, apesar desses dados, o Firefox continua trabalhando para melhorar ainda mais a privacidade que oferece, pelo menos para usuários que o valorizam, e em breve adicionará um novo recurso para reduzir o rastreamento e aumentar a velocidade de navegação.

Conforme relatado pela empresa, a partir de 2019, vai começar a bloquear nativamente todos os rastreadores que podemos encontrar nas diferentes páginas web que visitamos, rastreadores que sabem que vimos, onde clicamos, que gostamos para orientar não só a publicidade, mas também quais são os nossos gostos, preferências, hobbies ...

Esta função está disponível nativamente no navegador Firefox Focus, da mesma Fundação, um navegador, que em nenhum momento deixa vestígios das páginas que visitamos, aliás não tem um histórico, e que também se encarrega de bloquear tanto trackers como qualquer tipo de publicidade, aumentando assim Rapidez.

Esses scripts / rastreadores são a principal razão pela qual páginas da web às vezes demoram muito para carregar, portanto, não só melhora a privacidade do usuário, mas também reduz o tempo de carregamento das páginas da web que visitamos regularmente. Este tipo de código nunca será bloqueado pelo Chrome, devido às informações que ele permite que ele obtenha, então se você ainda não deu uma chance ao Firefox, pode ser hora de fazê-lo a partir do próximo ano.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Blog da Actualidad
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.