Nokia aproveita o momento ruim da Huawei para expandir sua presença em 5G

Nokia

Os problemas estão aumentando para a Huawei. A empresa chinesa, que ainda poderia ter uma chance de ser salvo, veja como suas vendas têm começou a cair em muitos mercados. Além disso, sua presença no lançamento global de 5G também está claramente em risco. Na verdade, já existem alguns países que encontraram um substituto. Este é o caso da Malásia, quem vai trabalhar com a Nokia neste sentido.

A Nokia já assinou contrato na Malásia, para trabalhar na expansão das redes 5G no país. Um contrato que na época poderia ter pertencido à Huawei, mas devido aos problemas da empresa nos últimos meses, é finalmente a finlandesa que assume a liderança.

É um contrato de três anos, conforme divulgado por diversos meios de comunicação do país. Desta forma, a Nokia será responsável, em colaboração com a U Mobile, pela implantação desta tecnologia no país. Uma rede sem dúvida de grande importância, tornando-se um contrato fundamental para a empresa.

Huawei 5G

Além disso, no final deste ano serão realizados os primeiros testes. Espera-se que ocorram em algumas cidades, embora nenhum detalhe a respeito tenha sido dado até o momento. Ambas as partes estão satisfeitas com este acordo e o veem como uma grande oportunidade em todos os casos.

Enquanto Huawei é a perdedora nesse aspecto. O fabricante chinês encontrou muitos obstáculos no mercado internacional ao trabalhar em redes 5G. Muitos países não querem que a empresa trabalhe em suas fronteiras, por medo de espionagem. Em alguns mercados, como agora é o caso da Malásia, a Nokia foi a empresa escolhida por seus governos.

A Coreia do Sul lançará a rede 5G no sábado: será o primeiro país do mundo a comercializá-la
Artigo relacionado:
Quais são as diferenças entre 5G e 4G?

Assim, É possível que o mesmo aconteça na Europa. Já existem alguns países que há meses preferem colaborar com a Nokia e a Ericsson na implantação do 5G, ao invés da Huawei. Portanto, é provável que em breve tenhamos novidades sobre novos acordos da empresa.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Blog da Actualidad
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.