Moto Z, testamos o novo carro-chefe da IFA

Continuamos com todas as novidades apresentadas no IFA em Berlim. Já vimos alguns dos acessórios deste telefone, como seu poderoso módulo de câmera Hasselblad True Zoom, agora é a vez do De moto, O novo carro-chefe da Motorola que substitui a antiga linha X.

Um telefone inovador, com um sistema modular que lembra o LG G5, embora muito mais confortável. Não perca o nosso primeiras impressões de vídeo do Moto Z!

Moto Z, o novo telefone modular da Lenovo

Moto Z (2)

O Moto Z não é realmente um telefone modular, ou pelo menos não usa um sistema como o do Projeto Ara cancelado no qual podemos trocar parte do hardware do terminal. Neste caso, encontramos um Sistema de módulo para melhorar alguns aspectos do Moto Z, como sua bateria ou a câmera do terminal.

Deixando de lado os módulos, pra falar que o Moto Z tem um design muito premium, além de ser um terminal bem fino, com espessura de 5.5 mm. O toque é muito agradável na mão, além de oferecer uma boa pegada. Claro, este design tem um custo e o Moto Z não tem saída para fone de ouvido portanto, a única opção de usá-los é via Bluetooth ou NFC. Vamos analisar o desempenho do Moto Z.

Características técnicas do Moto Z

Dispositivo De moto
Dimensões 153.3 x 75.3 x 5.2 milímetros
Peso 136 gramas
Plataforma Android 6.0 Marshmallow
Tela AMOLED de 5.5 polegadas com resolução de 2560 x 1440 pixels e 535 dpi
Processador Qualcomm MSM8996 Snapdragon 820 quad-core (dois núcleos Kryo a 2.15 GHz e outros dois núcleos Kryo a 1.6 GHz de potência)
GPU Adreno 530
RAM 4GB
Armazenamento interno 32GB / 64 GB dependendo do modelo expansível via MicroSD até 256 GB
Câmera traseira Sensor de 13 megapixels com foco automático / detecção de rosto / OIS / panorama / HDR / Flash LED de tom duplo / Geolocalização / Gravação de vídeo 1080p 60fps
Câmera frontal 5 MPX com gravação 1080p a 30 fps / LED Flash
Outras características sensor de impressão digital / Corpo em alumínio / Sistema de carregamento rápido / sistema modular / não possui saída de áudio de 3.5 mm
Bateria 2.600 mAh não removível
Preço não disponível

De moto

Olhando para seus benefícios, é claro que o Moto Z terá a maior gama do setor graças ao poderoso hardware que monta o novo telefone Lenovo. Uma equipe muito completa que promete um excelente desempenho. Veremos como se comporta sua bateria, bastante limitada se levarmos em conta sua tela de 2K, embora saibamos que o SoC Snapdragon 820 otimiza os recursos muito bem.

Como sempre, teremos que esperar que a Motorola nos envie uma unidade de teste para podermos analisar com mais profundidade os novos telefones Motorola e Lenovo. E para você, O que você acha do novo Moto Z? Você acha que seu sistema de módulos terá sucesso no mercado?


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Blog da Actualidad
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.