Moto G4, análise e opinião após um mês de uso

A quarta geração da família Moto G já está aqui. Motorola surpreendeu com seu novo Moto G4 e Moto G4 Plus por vários motivos: a tela maior e a versão premium com sensor de impressão digital.

A Lenovo está certa com essas mudanças? Depois de um mês de uso, trago para você um completo análise de vídeo do Moto G4 E posso dizer que, se você quer garantir a tacada comprando um mid-range que não vai te decepcionar, o novo celular da Motorola é a melhor opção.

A nova família Moto da Lenovo, com o Moto G4 e o Moto G4 como banners, quer brigar pelo mercado de médio-alto

Frente de moto G4

O primeiro Moto G marcou um antes e um depois no setor, ao inventar uma nova gama de smartphones com boas funcionalidades e preços realmente atrativos. Com o tempo, mais e mais fabricantes aderiram ao movimento criando aquela nova gama de médio-alto que domina o mercado, oferecendo uma linha de telefones celulares muito completos com preços reduzidos, sem ultrapassar a barreira psicológica de 300 euros.

O novo O Moto G4 pretende ser mais uma vez a primeira opção na procura de um bom telefone Android em termos de custo-benefício. Suas credenciais sugerem que a Motorola / Lenovo está consertando seu novo telefone novamente, embora haja um certo claro-escuro.

Revisão do Moto G4 (10)

Por um lado temos o tamanho da tela da linha Moto G4, que aumenta para 5.5 polegadas e pode qualificar como um phablet. É verdade que o mercado está cada vez mais apontando para telas grandes, mas esse movimento da Lenovo faz com que um bom número de usuários de smartphones com telas de no máximo 5 polegadas, e que antes haviam optado pela linha Moto G, agora procurem soluções de outros fabricantes .

Eu pessoalmente não me importo com isso Aumento de tamanhoEles até tornam o Moto G4 uma opção mais atraente se você está procurando o primeiro telefone para uma criança de 13 a 17 anos, que vai preferir uma tela grande a um terminal que pode ser usado com uma mão. Mas a questão da resistência à água eu realmente perdi.

E, embora o modelo anterior tivesse uma certificação IPX que dava ao Moto G resistência à poeira e água, o novo O Moto G4 só tem resistência a respingos e respingos. Tem gente que pode achar mais ou menos útil que um celular possa molhar sem problemas, mas eu já te disse que quando você tem o modelo anterior e ele tem esse recurso, você não gosta que o novo celular não Tê-lo.

Um design que segue a linha de seus antecessores

Revisão do Moto G4 (17)

O Moto G4 mantém um design semelhante aos modelos anteriores, mantendo o plástico como protagonista claro e oferecendo linhas muito clássicas sem arriscar na hora de mostrar um novo visual.

É claro que a maior premissa da Lenovo é manter os custos o mais baixo possível para que o custo de fabricação não suba rapidamente. É verdade que outros fabricantes chineses passam a oferecer terminais com acabamentos metálicos na mesma faixa de preços, o Honor 5X é um exemplo claro, então esse é para mim o maior ponto fraco do Moto G4.

Sei que os acabamentos não são um ponto determinante para muitos usuários, quem não liga para esse detalhe, não vai se importar que o Moto G4 não possui corpo de alumínio. Além disso, embora não contenha metal, seus acabamentos são bastante bons, principalmente a tampa traseira do Moto G4 que possui uma estrutura micropontilhada com um toque muito macio e agradável.

Sua moldura de plástico polido com aquele aspecto metálico, em parte, dispersa a sensação de telefone de plástico. Além disso, o corpo em geral resiste bem à corrida diária. Estou usando há um mês sem nenhum tipo de capa protetora e o telefone está funcionando perfeitamente.

Era de se esperar que sua tela com proteção Corning Gorilla Glass resistisse a quaisquer arranhões ocasionais, mas fiquei surpreso ao ver que o telefone não sofreu corrosão ou desgaste após o uso diário.

Revisão do Moto G4 (3)

Sua frente tem caixilhos um pouco grandes, eles poderiam ter tentado economizar um pouco mais de espaço. Um detalhe interessante vem com o alto-falante frontal que a equipe de design da Motorola manteve no Moto G4. Adoro poder jogar qualquer jogo sem conectar a saída de áudio três vezes.

A parte traseira parece realmente elegante tanto a olho nu, com o logotipo da Motorola embaixo da câmera, quanto ao toque, graças a isso acabamento micro pontilhado que eu estava comentando. Além disso, a tampa traseira, que é removível, possui uma proteção que a torna resistente a manchas. É aqui que encontramos os dois slots para cartão micro SIM como o slot para cartão microSD. Pena que a bateria não pode ser removida.

Su quadro que simula alumínio também oferece um bom toque. No lado direito estão as teclas de controle de volume e o botão liga / desliga do terminal. Este último parece ser de metal e oferece uma rugosidade que o diferencia do controle de volume.

Eu pessoalmente gostei da sensação de robustez no Moto G4. O terminal é bem construído, além de muito leve, pesa apenas 155 gramas. Claro, com medidas de 153 x 76.6 x 9.8 mm, já digo que não pode ser usado com uma mão.

A grande vantagem de ter uma tela tão grande é que o Moto G4 passa a ser uma opção a se considerar se você está procurando um phablet de economia. Mais se tivermos em conta o seu hardware, que, como já deve ter visto na análise dos vídeos, nos permite desfrutar sem problemas de qualquer videojogo ou conteúdo multimédia.

Características tecnicas

Dispositivo Motorola Moto G4
Dimensões 153 x 76.6 x 9.8 milímetros
Peso 155 gramas
Plataforma Android 6.0 Marshmallow
Tela IPS de 5.5 polegadas com resolução de 1920 x 1080 pixels e 401 dpi com proteção Corning Gorilla Glass 3
Processador Qualcomm MSM8952 Snapdragon 617 de oito núcleos (quatro núcleos Cortex A-53 a 1.5 GHz e quatro núcleos Cortex A-53 a 1.2 GHz)
GPU Adreno 405
RAM 2GB
Armazenamento interno 16 GB expansível via MicroSD até 256 GB
Câmera traseira Sensor de 13 megapixels com foco automático / detecção de rosto / panorama / HDR / flash LED duplo / geolocalização / gravação de vídeo 1080p a 30fps
Câmera frontal 5 MPX com flash LED frontal e HDR automático
conectividade DualSIM Wi-Fi 802.11 a / b / g / n / banda dupla / Wi-Fi Direct / ponto de acesso / Bluetooth 4.0 / A-GPS / GLONASS / BDS / Bandas 2G; GSM 850/900/1800/1900; Bandas 3G (HSDPA 850/900/1900/2100 -) bandas 4G 1 (2100) 3 (1800) 5 (850) 7 (2600) 8 (900) 19 (800) 20 (800) 28 (700) 40 (2300 )
Outras características Resistência a respingos / Sistema de carga rápida
Bateria 3.000 mAh não removível
Preço 226.91 euros na Amazon

Revisão do Moto G4 (9)

Como esperado, o Moto G4 entrega uma nota ao se oferecer como um Telefone solvente para o dia a diaa, algo para esperar depois de dar uma olhada em suas características técnicas. A Motorola apostou fortemente neste aspecto, integrando uma das soluções mais solventes da Qualcomm, o potente Snapdragon 617, um SoC que mais do que cumpre a sua função e que, acompanhado de um GPU Adreno 405 e 2 GB de memória RAM, permite deslocar qualquer jogo de uma forma muito fluida e funcional.

No vídeo da análise do Moto G4 você terá visto que experimentei diversos videogames que exigem grande potência gráfica e pude apreciá-los sem problemas. Em nenhum momento sofri qualquer interrupção ou atraso durante o jogo. Y Nenhum vestígio de superaquecimento no terminal.

A linha que separa a maioria dos processadores premium daqueles SoCs orientados para terminais de médio porte está ficando mais fina e o Potência do hardware Moto G4 é um exemplo claro disso.

E é que me surpreendi com os testes de desempenho realizados no Moto G4, que me ofereceram alguns resultados semelhantes aos de um Nexus 6. Cuidado, estamos a falar de um telefone que não atinge os 250 euros.

O Moto G4 tem Rádio FM e pode ser usado sem fone de ouvido como antena, desde que estejamos em uma área com ótima cobertura, algo que adorei. Não entendo como os telefones ainda estão no mercado sem Rádio FM.

Eu não quero fechar esta seção sem falar sobre alto-falante frontal do Moto G4, que oferece ótima qualidade de som nos convidando a usar sua tela excepcional para desfrutar de conteúdo multimídia.

Um display que atende a marca

Revisão do Moto G4 (7)

A Motorola aposta fortemente nesta seção, oferecendo um tela de 5.5 polegadas com uma qualidade anos-luz à frente de qualquer concorrente da sua gama.

Não há dúvida de que o fabricante queria que a experiência do usuário fosse perfeita. E ele está absolutamente certo em apostar em um Painel IPS que atinge 1.920 x 1.080 pixels e 401 pixels por polegada. A qualidade da tela do Moto G4 é impressionante, oferecendo uma excelente representação de cores com matizes muito naturais e sem saturação.

Seus brancos são perfeitos, o que faz do Moto G4 um terminal excelente para leitura graças em parte à sua alta densidade de pixels. Deve-se observar que, ao definir o brilho no mínimo, você poderá ler confortavelmente na cama sem ser incomodado pela iluminação da tela. excelentes ângulos de visão e com ótimo contraste, o nível de brilho da tela do Moto G4 nos oferece uma visão externa perfeita, mesmo em plena luz do dia.

Sem dúvida o melhor ecrã que já vi num telemóvel que custa menos de 300 euros. Se procura um terminal com um ecrã grande e de qualidade a um preço razoável e não se importa que não tenha sensor de impressões digitais, eu garantia que o Moto G4 é a melhor opção. Mais se levarmos em consideração o seu incrível autonomia.

Uma bateria perfeitamente otimizada com um sistema de carregamento rápido

Revisão do Moto G4 (13)

A Motorola ganha uma nota muito alta com a autonomia do novo Moto G4. Dele bateria de 3.000 mAh, não removível, promete desempenho mais do que suficiente para suportar todo o peso do hardware do telefone, mas eu não esperava um desempenho tão excelente.

Dar um uso normal ao telefone Cheguei a dois dias de uso sem problemas, algo que me surpreendeu considerando sua tela de 5.5 polegadas com resolução Full HD. Estou falando de um uso real de navegar na net, usar redes sociais, ouvir música uma hora por dia ... colocar o telefone em modo avião à noite e fechar os aplicativos, o Moto G4 me aguentou mais um dia inteiro, chegando a segunda noite a 10 -15% então, contando que há dias em que usamos mais o telefone, podemos dar-lhe uma autonomia aproximada de 42 horas, algo surpreendente para um telefone com estas características.

Além disso, o O Moto G4 é compatível com os sistemas de carregamento rápido da QualcommPena que há um carregador convencional na caixa. De qualquer forma, consegui testar o sistema com um carregador que possui essa tecnologia e o Moto G4 foi totalmente carregado em menos de uma hora.

Moto UI, a interface perfeita

Revisão do Moto G4 (11)

Há pouco a dizer na seção de software do Moto G4, graças ao fato de que a Motorola continua apostando em uma interface realmente limpa, ao contrário de outros fabricantes. Desta forma, encontramos Moto UI, com base no Android 6.0 M e isso mantém aquela experiência Pure Android de que o público tanto gosta.

A interface em geral é o mesmo que google embora a Motorola tenha incorporado um toque personalizado que não incomoda em nada. Podemos ver isso no widget do relógio, por exemplo, mas quero deixar claro que não é intrusivo de forma alguma. Para se ter uma ideia, todo o pacote do Google Play nem vem pré-instalado como padrão.

Onde encontraremos mais diferenças? no Display Ambiental, O excelente sistema de notificação da Motorola que nos mostrará a hora e as notificações em um fundo preto ao pegar o terminal. Por outro lado A Motorola integrou uma série de gestos realmente úteis e intuitivos. Por exemplo, se você balançar levemente o Moto G4, a câmera será ativada. Na análise do vídeo, você verá como é fácil aproveitar essas opções no telefone.

A 10 para a Motorola nesta seção. Não há nada melhor para o usuário do que um telefone limpo para lixo e o Moto G4 faz o trabalho perfeitamente nesse aspecto.

Câmera

Câmera Moto G4

Aqui entramos em uma das seções mais importantes de um terminal. É cada vez mais importante que um celular tenha uma boa câmera e a verdade é que o G4 Surpreenda novamente, oferecendo excelentes capturas.

A câmera principal do Moto G4 possui um sensor de 13 megapixels com abertura f / 2.0 e foco automático, junto com um flash LED de dois tons e um modo Auto HDR que funciona muito bem, além de poder gravar em qualidade Full HD.

Em ambientes externos bem iluminados A câmera do Moto G4 captura fotos de alta qualidade, oferecendo uma tonalidade e gama de cores muito naturais. Surpreendentemente, o modo HDR, ativado no modo automático, funciona muito bem sem criar saturação de cor excessiva. Ideal para aqueles usuários que desejam tirar fotos sem se preocupar muito com as opções de toque.

Claro, se você souber de fotografia, vai gostar do Modo manual que permitirá que você modifique diferentes parâmetros como exposição, brilho, balanço de branco ... Se você não quer problemas, não se preocupe, o aplicativo de câmera intuitivo permitirá que você tire fotos rapidamente com excelente qualidade. Mesmo com um simples gesto de sua mão, você pode ativar a câmera para fazer uma captura rápida.

Levando em consideração o alcance em que o Moto G4 se move, posso dizer que ele possui uma das melhores câmeras vistas em um alcance médio-alto.

Exemplos de fotos tiradas com o Moto G4

conclusões finais

Revisão do Moto G4 (15)

A Motorola me surpreendeu muito com o Moto G4. O fabricante deu uma nova guinada ao oferecer um terminal de médio porte - alto a um preço incomparável. 229 euros para um telemóvel com ecrã de 5.5 polegadas, excelente desempenho e autonomia de 2 dias? Poucas opções melhores você encontrará por esse preço.

Opinião do editor

moto G4
  • Avaliação do editor
  • Avaliação de 4.5 estrelas
  • 80%

  • moto G4
  • Revisão de:
  • Postado em:
  • Última modificação:
  • projeto
    Editora: 80%
  • Tela
    Editora: 95%
  • Atuação
    Editora: 95%
  • Câmera
    Editora: 85%
  • Autonomia
    Editora: 95%
  • Portabilidade (tamanho / peso)
    Editora: 75%
  • Qualidade preco
    Editora: 95%

Pontos a favor

Prós

  • Um display com excelente desempenho
  • Boa autonomia e um excelente sistema de carregamento rápido
  • Hardware semelhante a um Nexus 6
  • A câmera Moto G4 oferece excelentes capturas

Pontos contra

Contras

  • Não inclui um carregador compatível com o sistema de carregamento rápido
  • Acabamentos em policarbonato, quando outros terminais da mesma faixa já utilizam alumínio

O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

4 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Blog da Actualidad
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   hector dito

    Tive que experimentar 3 moto g4 e todos superaqueceram mas feio usando só a câmera e gravando um vídeo em qualquer resolução também as baterias engoliram horrível não duraram porque não colocaram nenhum traço de aquecimento e nem atrasos se sofrem com isso vc não consegue curtir sua câmera ou jogar jogos pesados ​​porque superaquece seus processadores, seja sincero porque eles mentem, experimente-os como qualquer um faria, dando um bom aproveitamento não só pelo décimo e o superaquecimento vem após 10 minutos de gravação e cerca de 5 ou 8 minutos de jogo

  2.   pio calchin dito

    Estou usando um moto g4 plus e a verdade não esquenta ,,,,,,, nem se solta com temas de jogos ,,,,, não sei qual celular vocês já experimentaram mas me parece que vocês estão errados hehee
    está indo bem, o meu é o plus footprint, 2 de memória ram 32 dual sim

  3.   carla dito

    Alguém sabe como o LED de notificação é ativado?

  4.   NELSON GOMEZ dito

    TENHO 2 MESES COM A MOTOCICLETA G4 E ESTOU MAIS QUE SATISFEITO, NOS JOGOS PESADOS VAI FLUIDO, BOA CÂMERA QUE SE A BATERIA FOR UM POUCO JUSTO.