Quais informações o WhatsApp não está criptografando ou protegendo

Informações não criptografadas do WhatsApp

El na última terça-feira, o WhatsApp implantou essa criptografia de ponta a ponta que protege mensagens enviadas por usuários e que se encarrega de excluí-lo de seus servidores para que a privacidade e a segurança sejam protegidas como um direito básico ao qual todos devemos recorrer sempre que utilizamos este tipo de serviço. Uma privacidade que vem sendo obtida em outros aplicativos há muito tempo e que até o WhatsApp leva sua tecnologia do TextSecure (o atual Signal) para levar essa criptografia de dados aos seus milhões de usuários.

Mas você tem que saber disso O WhatsApp não criptografa ou criptografa todas as informações. Embora o conteúdo das mensagens seja criptografado e não seja armazenado nos servidores do WhatsApp, muitas informações permanecem, incluindo o dia, a hora e os números de telefone do remetente e do destinatário. Contanto que não devêssemos nos preocupar, nada aconteceria porque todos os dados foram criptografados e realmente era uma criptografia completa de ponta a ponta, sem deixar nada no pipeline, como informações confidenciais.

A criptografia ponta a ponta do WhatsApp

Na terça-feira, os fundadores da empresa, Jan Koum e Brian Acton, divulgaram esta declaração em seu blog: «a partir de hoje, quando você e seus contatos usarem a versão mais recente do aplicativo, cada chamada que você faz e cada mensagem, foto, vídeo, arquivo e mensagem de voz que você enviar serão criptografados de ponta a ponta por padrão, mesmo em bate-papos em grupo".

WhatsApp

A forma como funciona é bastante básica. Quando você envia uma mensagem, a única pessoa que pode ler é isso ou o chat em grupo a quem enviou a mensagem. Ninguém pode ver o que está dentro da mensagem, nem hackers, nem qualquer tipo de governo que queira lê-la. A criptografia ponta a ponta permite que as comunicações entre as pessoas do WhatsApp permaneçam privadas, assim como poderia acontecer na realidade em uma conversa na rua com um amigo.

Mas temos que olhar atentamente alguns dos termos e condições que revelam que o WhatsApp não criptografa tudo. Numa dessas linhas está esta linha: «O WhatsApp pode reter a informação associada ao dia e hora das mensagens enviadas com sucesso e aos números de telefone associados às mensagens, bem como qualquer outra informação que o WhatsApp recolha legalmente».

O WhatsApp não criptografa todas as informações

O que significa é o que foi dito no início desta postagem, enquanto o conteúdo das mensagens são criptografados e não armazenados nos servidores que o WhatsApp possui, ainda há muita informação neles. Estão ali o dia, a hora e os telefones, informações que podem ser exigidas pelo governo se assim o desejar.

Apple

Esse movimento do WhatsApp chega não só para estar no mesmo nível de outros aplicativos de mensagens, como o Telegram, que defendem a privacidade, mas também em o que aconteceu entre o FBI e a Apple quando esta agência governamental pediu à Apple para criar um backdoor para entrar diretamente no software de um iPhone. A empresa sediada em Cupertino recusou, pois isso poderia comprometer a privacidade e a segurança de todos os usuários de seu iPhone em todo o mundo. No final das contas, tudo terminou com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos invadindo abruptamente o iPhone sem a ajuda da Apple para finalmente acessar os dados armazenados.

El criptografia ponta a ponta significa privacidade e segurança, um direito inerente a cada pessoa que deve ser protegido e ainda mais nesta nova era digital. O WhatsApp foi lançado com grande alarde que agora criptografa mensagens, chegando a lançar um texto informativo em conversas entre milhões de usuários, mas não é totalmente verdade, já que há informações sigilosas que ainda armazena em seus servidores.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Blog da Actualidad
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.