O Kirin 810 estaria pronto para estrear no Huawei Nova 5 em apenas alguns dias

Huawei Nova 4

Em ocasiões anteriores, falamos sobre Huawei Nova 5, um mid-range que em breve se estreia no mercado como um forte competidor no segmento.

Como tal, espera-se que o smartphone se torne oficial em uma semana e, embora tenha sido dito que o recorrente Kirin 710 é o processador que será equipado nele, novas informações sugerem que Huawei estaria anunciando o Kirin 810 no dispositivo.

Atualmente, Huawei implementa o Kirin 710 em seus terminais de médio porte. Tem feito isso desde o ano passado e, com vários lançamentos feitos, é um tanto cansativo ver apenas este processador aprimorar o mid-range da empresa chinesa, enquanto em outros terminais de outras marcas vemos que uma seleção variada de Snapdragon de SoC das séries 6xx e 7xx, cada uma melhor que a outra.

O Kirin 710, em termos de potência, concorre com o Snapdragon 660. Para se ter uma ideia mais clara do desempenho limitado - mas muito bom, sim - que o chipset Huawei atinge, em comparação com o catálogo da Qualcomm, vale mencionar que neste último fabricante estão os SD665, SD670, SD675, SD710, SD712, SD730 e SD730G, além dos de menor desempenho também da família 6xx, todos voltados para a faixa média. Dito isso, a empresa chinesa tem que apresentar outra opção para sair da monotonia, e parece que será a citada Kirin 810.

Conforme @ RODENT950, o Nova 5 será movido pelo Kirin 810. Este é um processador que ainda não foi apresentado e é definitivamente o sucessor do Kirin 710. Na publicação, ele acrescenta que o novo chipset terá como foco o mid-range premium y é 7 nm. Ele vai competir diretamente com o Snapdragon 730 da Qualcomm.

Snapdragon 730G
Artigo relacionado:
Snapdragon 665, 730 e 730G: os novos processadores de gama média

A informação também indica que o Nova 5i, outro celular do qual falamos muito também chegará com o Kirin 710, enquanto O Nova 5 Pro, a variante mais avançada, será um high-end que desfrutará de todos os benefícios que o Kirin 980 oferece. No entanto, tudo isso tem que ser confirmado; A Huawei não revelou nada sobre isso.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Blog da Actualidad
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.