Investigação da Samsung conclui que a bateria é a culpada pelos incêndios do Galaxy Note 7

Nota 7 queimada

De acordo com a agência de notícias Reuters, a investigação que a Samsung estava realizando para esclarecer a causa que levou ao incêndio de seu Galaxy Note 7 já foi concluída. De acordo com a agência, a investigação da Samsung termina com algo que todos nós já "sabíamos", incluindo a própria empresa: a bateria foi o principal motivo dos incêndios. Na verdade, durante o primeiro recall do Galaxy Note 7 a empresa já argumentou que havia um problema nas baterias dos smartphones.

Agência Reuters afirma que Samsung deve anunciar os resultados de sua investigação em 23 de janeiro, apenas um dia imediatamente anterior ao anúncio de seus lucros do quarto trimestre. Junto com isso, a empresa sul-coreana também anunciará novas medidas que já estão sendo implementadas para evitar que algo semelhante volte a acontecer.

De acordo com a fonte anônima que forneceu o informação publicada pela Reuters, a Samsung realizou diversos testes nos quais foi capaz de replicar os incêndios, embora a causa deles não pudesse ser explicada por problemas relacionados ao design de software ou hardware.

Claramente, os investidores e analistas da empresa concordam sobre o quão crítico é para a Samsung fornecer uma explicação convincente e detalhada do que deu errado com os smartphones Galaxy Note 7, bem como as etapas que serão executadas para evitar que esses problemas se repitam.

Lembre-se que o Samsung Galaxy Note 7 foi retirado do mercado dias após seu lançamento em uma dezena de países devido a explosões e incêndios que ocorreram em alguns dispositivos aleatórios. Após uma fase de reposição que, no entanto, ainda continua, o problema se repetiu até que finalmente sua produção foi abandonada, causando prejuízos econômicos e de imagem à empresa.

A revelação de que a bateria é a culpada não é inteiramente nova, mas confirma a causa enquanto esclarece dúvidas ao esclarecer que o problema não era devido ao software.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Blog da Actualidad
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.