Índia se tornará o segundo maior mercado de smartphones do mundo em 2019

Índia ultrapassará os Estados Unidos como o segundo maior mercado de smartphones em 2019

Hoje em dia, China detém o título de maior mercado mundial de smartphones E, por enquanto, não parece que nada nem ninguém vai tirar essa posição dele, pelo menos não no curto prazo.

É seguido pelos Estados Unidos como o segundo maior mercado de smartphones do mundo, porém, neste caso pode haver mudanças no futuro porque, de acordo com um relatório recente, Em apenas dois anos, a Índia ultrapassará os Estados Unidos e se tornará o segundo maior mercado de smartphones do mundo..

O futuro sorpasso da Índia aos Estados Unidos

Com base nos resultados de um relatório publicado pelo Statista, nos próximos dois anos o Índia vai capturar 15% do mercado mundial de smartphones que, por sua vez, irão causar Os Estados Unidos caem para o terceiro lugar neste ranking, com 10% de participação mercado global. E enquanto a segunda e a terceira posições são trocadas, a China, que atualmente tem uma participação de mercado de 31%, continuará sendo o país número um.

A possibilidade de a Índia ultrapassar os Estados Unidos em termos de número de usuários de smartphones foi antecipada com base nas circunstâncias e nos desenvolvimentos recentes:

  • A demanda por smartphones aumentou no país Obrigado, especialmente, aos aparelhos acessíveis de empresas chinesas como Oppo, Vivo e Xiaomi, entre muitas outras.
  • Além disso, a população da Índia (bem acima de 1.000 milhões de habitantes) é muito maior do que a população dos Estados Unidos (cerca de 320 milhões), algo que obviamente é um fator importante a se levar em conta, apesar do menor poder aquisitivo que prevalece no subcontinente indiano.

Mas não é apenas a Índia que aumentará sua importância no mercado global de smartphones. Nos próximos anos, espera-se que em outras economias emergentes, como o Brasil, a demanda por smartphones também aumente significativamente. Por ele, cada vez mais fabricantes estão se esforçando para fortalecer sua presença nesses países. A Xiaomi, por exemplo, abriu uma segunda fábrica na Índia que afirma ser capaz de produzir um smartphone por segundo, enquanto a Samsung acaba de fazer um. investimento importante com o plano de dobrar o tamanho de sua unidade produtiva no país.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Blog da Actualidad
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.